Revista Joy

Apaixonada pela profissão a doutora Fátima, tem o seu foco de atenção em procedimentos humanizados, com alta tecnologia. Além de sua participação ativa no Instituto Brugnera Zanin na área de estética, diagnóstico e tratamento da cárie com laser, ainda encontra tempo para se dedicar às pesquisas e estudos científicos e dar aulas nos cursos de mestrado e doutorado na área de laser na Universidade Federal da Bahia (UFBA), no Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento IPD- UNIVAP e no Mestrado Europeu de laser (Bélgica Alemanha e França), A doutora Fátima se ilumina quando fala de seu trabalho: A Odontologia permite hoje, uma aplicação clínica que abrange a estética e a função com embasamento científico seguro. Procuramos responder as dúvidas que surgem na clínica, com a parte acadêmica. A odontologia é uma troca o tempo inteiro, devolver ao paciente um sorriso mais bonito e confiante nos trás também uma grande realização. Por isso a estética é tão requisitada, ela une os padrões de beleza à uma engrenagem funcional e de saúde.

Quando restauramos os dentes recuperamos também a estética facial, melhoramos a dimensão vertical fornecendo uma estrutura aos músculos faciais. O paciente não quer ter apenas dentes mais brancos ele anseia também por dentes bem posicionados, em harmonia. Por isso o recontorno estético dos dentes com facetas de resina ou porcelana se tornou uma técnica de sucesso. Esta técnica permite a aplicação de uma camada muito fina em resina composta ou porcelana sem o desgaste dos dentes. A preservação da estrutura de esmalte é fundamental tanto nos dentes íntegros como nos dentes que já estão desgastados pelo tempo. As facetas de porcelana clássicas apresentam um excelente resultado mas há pessoas que não aceitam desgastar os dentes para realizá-las, neste caso utilizamos uma técnica minimamente invasiva em resina composta, um trabalho delicado de escultura dental que leva um tempo maior com o paciente, diferente de você fazer um preparo mandar para o protético, Como nosso trabalho na odontologia é complementado com diferentes tipos de laser, utilizamos o laser de Er:YAG para fazer o aumento da força de união das facetas com a superfície de esmalte dental. Com o laser evita-se o sobrecontorno perto das gengivas que pode acumular resíduos e escurecer, dando aquele aspecto de prótese. Incrementamos ainda a nossa abordagem clínica com as técnicas de diagnóstico por fluorescência (DIAGNOdent), tratamento da cárie com laser de Er:YAG; clareamento com laser e leds, com protocolos e equipamentos diferentes para cada caso, e também o laser terapêutico que atua no controle da sensibilidade dental, cicatrização de aftas e lesões do tecido mole, herpes labial, parestesias, e aumento da reparação óssea pós extrações e implantes.

Procuramos vivenciar na prática, aquilo que estamos obtendo como resposta das pesquisas que desenvolvemos como professores, há mais de 20 anos. Muitas pessoas acham que a tecnologia substitui o diagnóstico ou o tratamento. É muito importante esclarecer que a base da odontologia é soberana. Você tem que saber interpretar o que vê, ouvir atentamente o paciente respeitando a sua história e também ter domínio clínico sobre o que os equipamentos detectam para para fazer uma interpretação correta e obter o melhor resultado possível. A relação entre a técnica e o aspecto humano é fundamental nesse processo de interação com o paciente.

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário